Confira o passo a passo de como trocar o pneu furado do seu carro facilmente

Opa! Notou algo estranho!? Estava dirigindo de boa, mas a direção ficou pesada, o carro não responde como antes e parece que agora tem vida própria, o carro quer ‘dobrar’ a esquina sozinho! 😱 Acho que o pneu furou. Pois é, pode acontecer com qualquer motorista em qualquer momento. Afinal, esse tipo de imprevisto não escolhe hora e nem sempre o melhor local…

Nessas horas, nos resta algumas opções: sentir raiva, ficar em pânico, sentar e chorar ou criar coragem e colocar a mão na massa! 💪

Olha só, trocar o pneu furado não é um bicho de sete cabeças, pelo contrário, ‘digamos’ ser uma tarefa simples. Contudo, é simples apenas para quem sabe o procedimento correto.

E então, já realizou a troca de um pneu furado? Se sim, ótimo. Parabéns! Ou, caso ainda não tenha passado por esse “perrengue”, você saberia trocar o pneu? Se há uma verdade entre nós é que, independente de você ser um motorista ou uma motorista, a maioria das respostas seria “não”. Isso porque ninguém se lembra de correr atrás desse tipo de conhecimento sem antes precisar dele! E é por isso que grande parte de nós entra em desespero quando é preciso trocar o pneu furado ou tratar de outras avarias.

Portanto, no artigo de hoje, você vai ter a oportunidade de aprender como trocar o pneu furado do seu carro. E o melhor de tudo é que você não vai mais ficar com raiva ou pânico, pois de hoje em diante vai cumprir esse tipo de tarefa tranquilamente. Vamos ao passo a passo!

1 – Estacione o carro em um local seguro e plano, sinalizando:
Estacionar o carro em local seguro, plano e firme é o primeiro procedimento mais importante de toda a tarefa! Desta forma você diminui as chances de acidentes na via e faz com que a realização da tarefa seja mais fácil garantindo que o veículo não tombe e que o macaco fique corretamente apoiado.

Sinalizar é imprescindível! É muito importante para que os demais motoristas entendam que é preciso manter a atenção e reduzir a velocidade ao se aproximar de você. E isso precisa ser feito da forma correta. O ideal é sinalizar de acordo com a velocidade da pista, como você deve ter aprendido na autoescola. Por exemplo, em um pista de 40 km, você colocar seu triângulo há 4o metros de você ou há 4o passos largos do local onde você parou. Se for de 60 km, 60 metros ou 60 passos largos.

2 – Posicione o macaco corretamente:
Veja no manual do carro o local correto para posicionar o macaco, geralmente na borda inferior do carro – local projetado justamente para recebê-lo – próximo do pneu que você precisará trocar. Entenda que nos veículos há uma pequena marcação no local indicado para o encaixe, logo atrás da roda dianteira ou à frente da roda traseira.

⚠️ Nunca apoie o macaco fora do local indicado, pois lá ele garante a segurança durante a suspensão do veículo e evita danos as partes mais frágeis do mesmo.

Observação importante: neste momento, apenas posicione o macaco e não suspenda o veículo. ✋ 

3 – Afrouxar os parafusos e suspender o carro:
Agora, mãos à obra! Utilize a chave de roda para afrouxar os parafusos. Isso mesmo, afrouxe os parafusos da roda sem suspender o veículo do chão. Apenas afrouxe! Saiba que, em 90% dos veículos, os parafusos giram em sentido anti-horário. Caso esteja muito difícil para afrouxar os parafusos, a dica é o seguinte: não precisa ter medo, use os pés para forçá-los. Apenas certifique-se antes que você está tentando girar o parafuso no sentido correto!

Após realizar esses procedimentos anteriores levante o carro com o auxílio do macaco mecânico. Assim que o pneu deixar de encostar no chão verifique se o macaco não torceu e coloque o estepe na parte inferior do veículo como segurança caso o veículo caia do mecanismo de suporte.

4 – Retirada do pneu furado e instalação do estepe:
Parafusos frouxos, bora removê-los! Retire-os e substitua o pneu. Assim que remover o conjunto roda / pneu, instale o estepe e coloque os parafusos utilizando a chave L, mas sem dar o aperto final.

5 – Aperto final dos parafusos:
Com o carro no chão, é hora de apertar os parafusos, usando a chave de roda, e desta vez, no sentido horário. Você precisa garantir que o pneu fique bem preso pelos parafusos antes de dar a tarefa como terminada, então, aperte tudo o máximo possível.

Só mais uma orientação básica: faça os consertos necessários no pneu furado o mais rápido possível. O estepe é exclusivo para uma emergência não sendo recomendado seu uso constante. Cuidar da calibragem do estepe também é muito importante, para garantir que ele esteja cheio para as próximas emergências. Afinal, só sabemos a importância dele quando precisamos!

Agora assista o vídeo e veja como é simples o passo a passo para a troca do pneu furado. (Fonte: Auto Esporte/Rede Globo)

#AutoPeçasMolina é informação! 😉

Tópicos #carro #dica #estepe #ferramentas #geral #pneu #pneu furado #procedimento #roda #troca do pneu #veículo