Substituir o carro por um 0 km anualmente ou manter, eis a questão!

Depois de anos de idas e vindas, viagens, caronas e boas histórias, talvez o seu carro já não atenda mais as suas necessidades e seja a hora de vendê-lo. Trocar de carro é uma dúvida que persegue boa parte dos que podem fazer essa escolha. Só que essa não é uma tarefa fácil, exigindo alguns cuidados especiais, como saber valorizar, anunciar e negociar o veículo.

Infelizmente não há uma fórmula matemática para descobrir a hora certa de trocar seu carro. Há vantagens e desvantagens, tanto na troca anual como curtir por mais tempo o seu usado. Para os extremamente apaixonados pelos seus carros a emoção e os sentimentos podem atrapalhar todo o processo de negociação Portanto, seja racional e tenha certeza de que quer mesmo se desfazer do carro.

Quem compra carro 0 km sabe que basta sair da concessionária para perder 10% a 30% do valor pago. Carro novo você só tem em suas mãos por poucas horas, quando você estaciona seu carro novo na garagem ele já ganhou o título de seminovo. Por isto, dificilmente será vantajoso trocar de carro todos os anos. Vale lembrar que estar sempre com um carro novo representa maior confiabilidade, como menor risco de ficar na estrada. Problemas iniciais podem ser sanados sem ônus pela garantia, a mão de obra das primeiras revisões é gratuita e os custos de manutenção são mais baixos, pois ainda não é preciso substituir itens caros como pneus, embreagem e amortecedores. Enfim, todo o conjunto do carro é mais agradável no início.

Por outro lado, manter o usado é exatamente em decorrência da desvalorização, que pode valer a pena usar o carro por dois, três ou mesmo quatro anos. Como a perda de ano para ano é cada vez menor, manter o automóvel usado significa um gasto a menos que facilitará em muito a próxima troca.

Um fator importante que pode determinar o momento de vender o carro pode ser a quilometragem. Carros com 10.000 km a 15.000 km rodados por ano de uso tem mais facilidade para revenda. Dessa forma, quem compra um carro usado que tenha 2 anos espera comprar um veículo com menos de 30.000 km rodados. Um veículo com 3 anos de uso deve ter menos de 45.000 km rodados.

Uma dica interessante é acompanhar as notícias sobre os modelos do veículo que você possui, ou ao menos tentar! Se a fábrica anunciar a descontinuidade do seu modelo para os próximos anos ou o lançamento de um modelo com muitas diferenças técnicas e de design isto pode desvalorizar ainda mais seu carro usado. Venda seu carro antes que seu modelo saia de linha.

Imagem . Trocar o carro calculadoQuando, então, trocar de carro? A resposta exata exigiria um cálculo específico para cada caso, que levasse em conta depreciação, custo de manutenção por ano e o quanto se roda. O fator obtido indicaria o momento da troca: é quando o aumento das despesas com a conservação coloca em risco a vantagem da menor desvalorização do usado. De modo geral, porém, pode-se afirmar que este momento fica além do período de um ano que tantos creem ser o ideal para ficar com um automóvel.

 

Tópicos #carro 0 km #carro novo #carro usado #depreciação #seminovo #valorizar #vender carro