Os fusíveis garantem o sistema elétrico do seu carro funcionando

Os fusíveis geralmente passam despercebidos aos olhos do dono do carro, afinal são peças tão pequenas, mas evitam problemas maiores no veículo.

O assunto de hoje é sobre fusível. Então, vamos tratar a caixa de fusíveis do carro como uma pequena notável. Você vai entender…

Assim como na sua casa que tem uma caixa de energia com disjuntores de diversas capacidades, o seu carro também tem uma caixa de energia. E nela estão os fusíveis, responsáveis por controlar toda o sistema elétrico do automóvel.

Não há mistério nenhum: todo carro tem sua caixa de fusíveis, cada qual trabalhando em sua área específica, mas todos com a mesma responsabilidade de proteger os fios que conduzem a energia do carro. Se a sobrecarga acontece, o fusível será o primeiro a sentir. Ou seja, quando há excesso de energia passando pelos fios, é o fusível quem doa sua vida para proteger os componentes e acessórios do seu carro. Para melhor entender, melhor perder um fusível do que um rádio, por exemplo…

Segundo especialistas, a partir dos anos 90, com o aumento de recursos nos veículos, o número de fusíveis cresceram também. Hoje é comum um painel com fusíveis na área do motor, que controla partes como a ventoinha e o freio ABS, e outro dentro do carro, na parte inferior do painel. Nesta caixa, os fusíveis respondem por aqueles itens que são comandados pelo motorista ou passageiros.

Um fusível é uma peça constituída por um fio especial que é posicionado em um conector. Na caixa de energia, os fusíveis são encontrados em cores variadas.  Cada cor representa uma amperagem diferente. É importante ter o cuidado de nunca substituir um fusível por outro de amperagem maior. Isso pode gerar uma sobrecarga no dispositivo e queimá-lo.

Para saber localizar qual fusível cuida de qual dispositivo, verifique o mapa do sistema, no manual do veículo. Em alguns modelos, você também encontrará estas informações na parte interna da tampa da caixa de energia.

Os tipos de fusíveis, suas cores e amperagens:

Lâmina: protegido por uma capa termoplástica de alta resistência térmica para proteção do elemento condutor contra mal contato e choque elétrico. É utilizado por automóveis de passeio e veículos pesados, e também por aplicações eletrônicas de baixa tensão.

Mini Lâmina: é menor que o fusível de lâmina, mas suas características são as mesmas. Por seu tamanho ser reduzido, as montadoras costumam usar em veículos novos, pois os circuitos eletrônicos destes veículos exigem maior proteção individual.

Maxi: Com uma faixa maior de amperagem que os fusíveis Lâmina e Mini, este modelo é bem utilizado pela indústria automobilística, principalmente para circuitos eletrônicos e módulos de som que exijam grande potência. Por ter um tamanho maior, possui uma melhor dissipação de calor.

  • Laranja e marrom: 5 a 7,5 Amperes
  • Vermelho: 10 Amperes
  • Azul – 15 Amperes
  • Amarelo – 20 Amperes
  • Transparente – 25 Amperes
  • Verde – 30 Amperes

 

Fusíveis grandes:

  • Amarelo – 20 Amperes
  • Verde – 30 Amperes
  • Laranja – 40 Amperes
  • Vermelho – 50 Amperes

 

Agora, assista o vídeo que encontramos do “Mecânica Fácil“, e aprenda mais sobre fusíveis!

 

 

#AutoPeçasMolina é informação!

Tópicos #amperagem #caixa de fusíveis #carro #dicas #fusível #geral #motorista #peças #veículo