Primeiras imagens divulgadas da segunda geração do Hyundai Veloster

Primeiras imagens divulgadas da segunda geração do Hyundai Veloster

A segunda geração do Hyundai Veloster será apresentada oficialmente em Janeiro

Após oito anos de sua estreia no mercado automotivo, o Veloster protagoniza sua volta com a segunda geração do novo cupê.

Famoso por ser um dos carros mais polêmicos da Hyundai no mercado brasileiro, o novo cupê da fabricante sul-coreana já está pronto e será a principal atração da marca no Salão do Automóvel de Detroit em janeiro do ano que vem. E para atiçar os curiosos, ou invejosos, a marca liberou um teaser e imagens do modelo 2019 com camuflagem.

Aparentemente sem grandes alterações no design, é possível perceber – embora as fotos sejam apenas do veículo camuflado – que o modelo continua com seu layout de três portas, porém com uma lateral mais sóbria.

Algo que nunca chegou a ser vendido no Brasil, possivelmente as imagens são de um modelo Turbo, pelas rodas de liga leve maiores e pinças de freio vermelhas. A Hyundai deve manter o motor a gasolina de 1,6 litros, produzindo algo em torno de 200 cv de potência, com opções de câmbio manual de seis velocidades ou automático de dupla embreagem e sete velocidades. A versão de entrada deverá ter um motor 2.0 naturalmente aspirado com 161 cv, o mesmo do Elantra GT. A versão Turbo deve ser posicionada entre o modelo padrão e o de topo.

Agora para versão topo, a Hyundai promete o modelo Veloster N. Este modelo parece ter maiores aberturas de ar, asa traseira e rodas grandes, além de um par de válvulas de escape, e provavelmente usará o motor 2.0 Turbo herdado do i30 N, que produz até 271 cv.

O novo Hyundai Veloster chega como modelo 2019 e a versão Veloster N, a Hyundai manterá seu mistério, porém com a intenção de apresentá-lo também em 2018, digamos alguns meses depois, no Salão de Genebra, que acontecerá em março, considerado berço de lançamentos de carros esportivos.

Se o novo Hyundai Veloster chegará ao mercado brasileiro, ainda não sabemos. Porém, caso volte a ser vendido no Brasil, com certeza trará sua esportividade mecânica para desfilar pelas ruas de nossas cidades. 😜

#AutoPeçasMolina é informação! 😉